09 fevereiro, 2007

Presidente do Governo regional em tribunal.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) deu hoje razão ao PSD/Açores na queixa apresentada contra o presidente do governo regional, por este ter apelado ao voto no SIM no referendo no "site" da Internet da Presidência do Governo. Na deliberação, tomada esta sexta-feira, considera-se que há fortes "indícios de violação do dever de isenção" a que está legalmente obrigado o presidente do governo regional, o que levou a CNE a remeter o caso para o Ministério Público da comarca de Ponta Delgada.

4 comentários:

PP disse...

É a prova como o império, ainda, não é de César.

Agora é esperar que a Justiça decida.

Cumprimentos

Rui Gamboa disse...

É a prova, isso sim, que fazem o que querem e agem com total impunidade e usam os organismos regionais, que deviam estar ao serviço da região, para trabalho partidário. É exemplificativo, no minimo, de como funcionam as coisas cá.

A justiça, PP, é esperar sentado. E se vier vai ser uma pequena recomendação que passará pela calada. Aí se não fossem os blogues!

claudio almeida disse...

ya nem mais.
Agora vamos esperar para ver.
o que é certo, é se este caso fosse no continente a SIC, TVi RTP1, estava tudo em cima.

Edmundo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.