31 dezembro, 2006

Hoje fez-se História pela negativa!


Saddam Houssain foi executado no dia 30 de Dezembro ás 6 horas locais, 2 horas dos Açores. Noticiava a Euronews ás 2 horas da manhã a confirmação da morte do antigo ditador.

No passado dia 26 de Dezembro foi estabelecido um prazo de 30 dias para a execução do ditador, 4 dias após o anuncio procedeu-se á sua execução.
Esta decisão da sua execução nesta data deu-se devido a estar-mos em altura do Ramadão, epoca de Paz no Islão.

2 comentários:

Anónimo disse...

Envergonha-me fazer parte de uma "humanidade" que recorre à vingança para fazer justiça, em pleno século XXI. Onde estão as organizações mundiais que deviam zelar pelos direitos do homem, de todos os homens, independentemente do seu passado, como a ONU?

É muito triste...

Eduardo disse...

Cara...vc tah doido???
o sujeito matou com crueldade centenas de xiitas, só por serem de uma tribo rival...além das milhares de outras pessoas q morreram durante o regime ditatorial dele, muitos por simplesmente não terem votado nele nas "eleições"...

É muito triste gente como vc ainda achar que vivemos num conto de fadas e que tudo pode ficar azul...infelizmente há pessoas más no mundo, pessoas q se sentem bem com o sofrimento dos outros.

Não há como acabar de vez com essas pessoas para q nunca mais façam coisas do tipo, mas tem como punir os piores para suprimir outros a se inspirarem a fazer mais maldades.

Pena seria se ninguem saísse impune pela "limpeza etnica" de todas aquelas aldeias.