09 outubro, 2006

Lei de Finanças Regionais






As duas Autonomias Regionais, estão sendo alvo de "terrorismo politico" por parte do Governo de Socrates.


Não é assim que se tratam filhos da mesma mãe.
Uma boa mãe não deve dar mais a um e tirar ao outro parte do que ele já tinha. Quando muito dar mais a um e menos ao outro em função das suas necessidades .
A Pátria não procedeu bem. Não procedeu como uma boa mãe o deve fazer.

E muito menos ainda quando há bem pouco tempo mandou um dos seus à Madeira – o ministro António Costa – atacar sem pudor o seu legítimo Governo Autónomo.
Ao dizer que os Governos do PSD/Madeira foram um fracasso e um falhanço, e que a Madeira está hoje tão dependente do subsídio como estava há trinta anos, e que se há alguém culpado é quem governa a Madeira, ofendeu duramente o povo madeirense.

Como é que nós açorianos reagiríamos se um ministro do Governo de Portugal , que fosse do PSD, viesse aos Açores desancar no Governo Regional?

Se o Governo Regional da Madeira fosse do Partido Socialista tê-lo-ia dito?

E se o Governo Regional dos Açores fosse do PSD e o Governo da Madeira fosse do PS, qual dos Governos o Srº Ministro acusaria de fracasso?

E se a Madeira figurasse como uma das regiões mais pobres do país, como é o caso dos Açores, o que diria mais o srº Ministro?

Um ministro de Estado não pode nem deve ofender as suas regiões autónomas .

3 comentários:

Francisco da Mata Uriarte disse...

O menino é muito pequenino e por isso não se lembra das alarvidades e insultos que os seus amiguinhos de Lisboa vinham aqui dizer sobre os açorianos e o Governo dos Açores, ainda há dois aninhos.

Fale com o Neves, o chefinho dos escuteiros, que ele fazia parte do rancho deles, e pergunte-lhe se se lembra do Sarnento, do Arnoldo, que passava férias de borla e cuspia na sopa de quem lhe dava de comer, e daquele rapaz muito inteligente que sabia falar de futebol e que era o capitão de equipa.

O menino quando quiser fazer chichi fora do bacio, aprenda primeiro a não molhar as fraldas.

Abraços aos jotinhas tristonhos.

jgoncal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
jgoncal disse...

É ridículo esse comentário. Recorrer ao insulto e à provocação é um desrespeito por quem tem dedicado parte da sua vida à Juventude.
Jotinhas tristonhos? Você não sabe mesmo do que fala.

Parabéns Cláudio, um discurso oportuno muito real!