26 março, 2008

Clinton mente


Hillary Clinton, num discurso durante a sua campanha eleitoral, afirmou de que aterrou na Bósnia debaixo de fogo cruzado. Ora, nesta sua visita à Bósnia em 1996, em que a candidata acompanhava o presidente Clinton, e que na verdade foi calorosamente recebida por crianças, não houve qualquer tipo de perigo para a família Clinton. Estas infelizes declarações por parte da candidata Democrata à Casa Branca demonstra que existe algum nervosismo e fraqueza, fruto da "cansativa" e "intensa" campanha eleitoral dos Democratas. Obama tirou o proveito deste erro, intencional ou não, chamando a Srª Clinton de mentirosa, o que seria óbvio. Esperemos que quando a Srª Clinton chegar à Casa Branca, se chegar, não tenha o hábito de mentir, porque pior do que George W. Bush, seria termos um mentiroso/a em Washington.


Na realidade e a bem das Relações Internacionais, seria bom a vitória de John Mccain, porque caso os Democratas vencem estas eleições, irá dar-se uma viragem na política Norte Americana, passando a ser as questões nacionais e a politica interna a principal prioridade do Governo de Washington. Ora, se tal acontecesse, os EUA e os seus aliados cairiam num descrédito, bem como as grandes organizações internacionais - ONU e a NATO. Deste modo os únicos vencedores destas eleições presidenciais Norte Americanas seria o Terrorismo e alguns aspirantes a ditadores.

1 comentário:

Rui Gamboa disse...

Acho que não concordo com o teu último parágrafo. É certo que uma vitória Democrata levará à retirada à pressa do Iraque e isso poderá levar a um retemperar de forças pela malta terrorista que por lá anda. Mas tb as notícias que vêm de lá dizem que os próprios iraquianos já começam a ter alguma controle da situação. No fundo, acho que uma reirada à pressa do Iraque só traria complicações.

Tb acho, como tu, que os Democratas irão centrar-se na política interna, mas, ao contrário de ti, não acho isso necessariamente mau para o resto do Mundo, pelo menos não será para a Europa. A economia norte-americana está a passar por uma crise gravissima e nós apanhamos sempre por tabela, devido a: 1. ao mundo globalizado em que vivemos e 2. aos EUA serem o principal parceiro economico da UE. Por isso, uma política interna que dÊ resultados em termos de economia, só poderá ser positiva para a Europa.

E entre Obama e Clinton não há diferenças quase nenhumas. Só mesmo o facto de um ser homem e outra mulher. Mas acho que a eleição vai ser mt renhida e os Democratas terão uma boa hipotese de ganhar.

Devo depreender pela foto ao lado do McCain que a "Prata da Casa" é a favor dos Republicanos?