02 agosto, 2007

Claustrofobia Democrática?

Afastada por causa de "discordância do actual modelo de gestão dos museus"

Dalila Rodrigues foi ontem afastada do cargo de directora do Museu Nacional de Arte Antiga e será substituída, em Setembro, pelo actual director do Museu Nacional do Azulejo, Paulo Henriques.
O director do Instituto dos Museus e Conservação, Manuel Bairrão Oleiro, disse à Lusa que a responsável foi afastada devido à sua discordância em relação ao actual modelo de gestão dos museus nacionais, tutelados pelo organismo, e por ter exigido condições para continuar no cargo, nomeadamente autonomia financeira e administrativa.
Até ao fim de Agosto, Dalila Rodrigues manter-se-á em regime de gestão corrente no Museu Nacional de Arte Antiga.
Em reacção, a responsável manifestou-se "surpreendida" com o seu afastamento e considerou "inacreditável" ter sido "penalizada por discordar publicamente do modelo de gestão" dos museus nacionais.
O PSD criticou igualmente a exoneração, entendendo tratar-se de uma decisão "abrupta e não fundamentada", que contraria a necessária estabilidade para a política cultural.


Jornal Público, 2 de Agosto 2006
Avolumam-se os casos em que o Governo tem demonstrado uma atitude arrogante, prepotente, anti-democrática. Uma postura que contraria os príncipios defendidos no passado e que Manuel Alegre (qual senador) já veio recordar e alertar para o medo, para a repressão, para um clima de delação e asfixia.

Não se trata de demagogia aquilo que estou a fazer, nem a amplificar casos, estes sucedem-se todos os dias!!! São realidades, factos indesmentíveis que devem merecer a atenção de todos, inclusivê simpatizantes ou militantes socialistas. Quem está no poder, perde muitas vezes o bom senso e o sentido de estado. Isso verifica-se em casos em que não se tolera a pluralidade de opiniões, a liberdade intelectual, quando não se segue "o discurso oficial do governo".

Não é necessário recordar os casos... São sobejamente conhecidos - os do continente. Nos Açores vive-se um clima de cortar à faca. Ninguém, a não ser as pessoas/dirigentes dos partidos (partidos ou partido?) ou com a "vida feita", ousa demonstrar uma opinião divergente à de quem governa. Ninguém ousa, por exemplo, a entrar numa sede do PSD ou assistir a uma palestra/conferência/festa com conotação partidária sem que receie que isso seja entendido (ou se faça entender) como uma deriva partidária.

E depois pinta-se o mapa cor-de-rosa em todo lado. Na TV, nos jornais, em cada esquina há um placar do Governo. Ofusca-se uma realidade com outra, ficcionada, inventada, mentirosa. Criam-se números e estatísticas na tentativa de demonstrar que tudo o que se diz é sustentado.

Compare-se os números do Governo que afirmam o crescimento da qualidade de vida dos cidadãos e vá-se para a rua questionar as pessoas acerca desse assunto, e vejam, vejam o que elas dizem. Vá-se ao mercado, aos bancos, às escolas, aos hospitais e centros de saúde e verifique-se que a população açoriana sente na pele o preço da insularidade, o preço da falta de formação o preço de uma má governação. Veja-se, desprendidamente, o que dizem acerca do que falta fazer e do que está mal feito. Pergunte-se se lhes dessem oportunidade de escolher, se prefeririam ir viver para o continente ou continuar na sua terra açoriana... E aí, se tiver todas essas respostas, sem dúvida que estará mais próximo da verdadeira realidade e mais longe da Matrix, qual narrativa...

2 comentários:

Roberto Almada disse...

Meu Caro amigo: devias ver como é na Madeira. Ao pé do Jardim, e do PSD-Madeira, o César é um "aprendiz de feiticeiro"...

Pedro Afonso disse...

O blog "Trailers Blog" - http://trailersblog.blogspot.com/ colocou um inquérito para saber em que canais de televisão gosta mais de ver filmes. toca a votar!!!!!
para mais pormenores: pedroafonso21@hotmail.com

The Trailers Blog - http://trailersblog.blogspot.com -put a webpool about the TV's preferences to watch cinema. For more write me a email: pedroafonso21@hotmail.com

pedroafonso21@hotmail.com